quarta-feira, 30 de dezembro de 2009


Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida
e o mais importante:
acreditar em você de novo.
Feliz 2010 "novo"!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Nos preparando para 2010...


Heal The World


(Michael Jackson)



"Think about the generations and they say: We want to make it a better place for our children and our children's children. So that they know it's a better world for them; and think if they can make it a better place."



"Pense sobre as gerações e eles dizem: Nós queremos fazer dele um lugar melhor para nossos filhos e filhos dos nossos filhos. De modo que eles sabem que é um mundo melhor para eles, e acho que se pode fazer dele um lugar melhor."



There's a place in your heart

And I know that it is love

And this place could be much

Brighter than tomorrow

And if you really try

You'll find there's no need to cry

In this place you'll feel

There's no hurt or sorrow


Tem um lugar em seu coração

E eu sei que é amor

E esse lugar poderia ser

Muito mais brilhante que amanhã

E se você realmente tentar

Verá que não tem motivos pra chorar

Nesse lugar você vai sentir

Que não há dor ou mágoa




There are ways to get there

If you care enough for the living

Make a little spaceMake a better place ...


Tem jeitos de chegar lá

Se você se importa o suficiente com os vivos

Abra um espaço

Faça um lugar melhor



Heal the worl

dMake it a better place

For you and for me

And the entire human race

There are people dying

If you care enough for the living

Make it a better place

For you and for me


Salve o planeta

Faça dele um lugar melhor

Pra você e eu

E toda a raça humana

Tem pessoas morrendo

Se você se importa o suficiente com os vivos

Faça do mundo um lugar melhor

Para você e para mim



If you want to know why

There's love that cannot lie

Love is strong

It only cares of joyful giving

If we try we shall see

In this bliss we cannot feel

Fear od dread

We stop existing and start living


Se você quer saber porque

Tem amor que não mente

O amor é forte

Só se importa com coisas alegres

Se tentarmos, vamos ver

Na graça, não podemos sentir

Medo ou pavor

Nós paramos de existir e começamos a viver


The it feels that always

Love's enough for us growing

So make a better world

Make a better place ...


Parece que sempre

O amor é suficiente pra nós crescermos

Então faça um mundo melhor

Faça um lugar melhor



Heal the world

Make it a better place

For you and for me

And the entire human race

There are people dying

If you care enough for the living

Make a better place for you and for me


Cure o mundo

Faça dele um lugar melhor

Pra você e eu

E toda a raça humana

Tem pessoas morrendo

Se você se importa o suficiente com os vivos

Faça do mundo um lugar melhor

Para você e para mim



And the dream we were conceived in

Will reveal a joyful face

And the world we once believed in

Will shine again in grace

Then why do we keep strangling life

Wound this earth, crucify its soul

Though it's plain to see

This world is heavenly

Be god's glow


E os sonhos que foram concebidos

Irão revelar um rosto alegre

E o mundo uma vez que acreditavam

Vai brilhar novamente em graça

Então por que continuamos estrangulando a vida

Machucando a terra, crucificando sua alma

Apesar de ser fácil de ver

Esse mundo é divino

Seja o brilho de Deus



We could fly so high

Let our spirits never dieIn my heart

I feel you are all my brothers

Create a world with no fear

Together we cry happy tears

See the nations turn their swords into plowshares


Nós podíamos voar tão alto

Nunca deixar nossos espíritos morrerem

Em meu coração, sinto que somos todos irmãos

Crie um mundo sem medo

Juntos choramos lágrimas de felicidade

Veja as nações transformarem suas espadas em arados


We could really get there

If you cared enough for the living

Make a little space

To make a better place ...



Nós podemos chegar lá

Se você se importasse o suficiente com os vivos

Abra um espaço

Pra fazer um lugar melhor


Heal the world

Make it a better place

For you and for me

And the entire human race

There are people dying

If you care enough for the living

Make a better place for you and for me


( ...)


Faça do mundo um lugar melhor

Para você e para mim!



No Player


Heal The World - Michael Jackson


Imagem: Google

sábado, 26 de dezembro de 2009

Para refletir....

Mensagem de Ano Novo
Para ser feliz,
próspero,
vencedor,
receber amores e dádivas,
bênçãos e distinções,
podes formular votos,
tecer esperanças,
alinhavar projetos,
enumerar decisões,
vestir cores certas,
brindar à sorte.
Porém,
se no coração,
o homem velho prossegue,
se o ontem ainda te governa,
se melhoras apenas te farão,
mais forte no que te é dispensável,
então prosseguirás,
ano após ano,
imerso no mesmo tempo,
estacionário,
por livre e espontânea vontade,
de um eterno ano velho,
passado.
André Luiz(Instituto André Luiz, Psicografia Lori M.D dos Santos, 27.12.2003)

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Pós ceia!


Me abstenho de qualquer comentário.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Lembranças....Natal



Ahn... Natal...uma data que muito me remete a minha infância. Lembro-me de como era encantador abrir as caixas onde estavam guardados o presépio e a árvore e prepararmos a casa para este momento. Tudo era enfeitado nos mínimos detalhes. Deixávamos o nosso lar pronto para receber a família. Naquele tempo a família era bem grande.

Lembro-me de como ficava ansiosa para que chegasse o dia que pudesse armar a árvore, acho que por mim ela estaria todos os dias enfeitando a casa. E a tristeza do dia de guardar tudo. Nunca entendi isso quando pequena. Momento de arrumar e momento de guardar. Para mim aquela magia teria que durar o ano inteirinho, não só alguns dias. Ahn...mas isso era coisa de "criança". Por isso amo crianças, amo conviver com elas. O olhar delas é etéreo.

Noite de Natal....e os cheiros??? ai...ai...sinto o cheiro, acreditem principalmente das rabanadas. Ai..que delícia. Delícia maior era a bagunça na cozinha, mãe, avós, tias, primos, primas... Tão bom poder partilhar estes momentos.

Realmente, tive uma infância privilegiada, cercada por minha família, com estas tradições, como montar presépios, árvore de Natal, compartilhar a ceia, trocar presentes. Interessante, claro que presente era importante, até porque eu esperava durante o ano todo para ganhá-lo. Este gostinho da demora, do difícil, do esperar....também tem seu encanto.

Poxa! Como curtia esses momentos. O mais delicioso que este sentimento ainda é muito bem vivo em mim. Ainda fico ansiosa para o dia de armar o presépio e a árvore. Fico triste quando tenho que guardar, mas como já sou adulta, bem deixo ficar mais tempo. Hoje já não somos aquela família tãoooooooo grande, mas fazemos questão de nos reunir com alegria e encantamento, armar presépios e árvore, até porque temos dois pimpolhos que com certeza terão encantadoras lembranças de Natal. Ahn...a rabanada...pois é, hoje quem fica responsável por fazê-la sou eu. E que responsabilidade pois a receita é daquelas passada de tataravó, pra bisa, de bisa, pra vó...e assim vai.


Natal.... momento de festejarmos o nascimento de Jesus. E que a cada Natal que passamos forteleça esta gama de sentimentos, vibrações que se alastram e nos renovam.
Que minhas vibrações de paz, saúde, prosperidade, amor cheguem a cada de um de vocês!!!!
Feliz Natal!!!!!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Apenas....divagando...


Reencontrei uma ex aluna quando aplicava a prova de uma universidade Federal neste fim de semana. Assim que ela chegou, me reconheceu. Pensei ...” Poxa, aquela menina, está uma mocinha.” Aquele mesmo jeitinho meigo ainda estava ali presente no olhar, mas existia um novo sentimento que este eu não havia naquela época presenciado em seus olhos: a tensão. Seu corpo expressava este sentimento. Sentou e aguardou o momento de iniciar a prova.
A lembrança de quando ela tinha 9 anos imediatamente veio em minha mente. No início era meio tímida, mas depois foi se soltando e antes do meio do ano já estava toda serelepe. Que delícia de lembrar. Sempre foi responsável, muitas vezes se cobrava quando errava e eu dizia que isso era normal, que através do erro que a gente também aprendia. Pois é, só que aquela menina que estava ali na minha frente não podia mais errar. Ela tinha que acertar para entrar numa Federal.
Na véspera tinha lido a crônica de Rubem Alves “Muito cedo para decidir”. Relembrando aquelas palavras escritas por ele e olhando aquela ex-menina, uma confusão de sentimentos se apossou de mim. Felicidade e até mesmo orgulho de vê-la prestando uma prova para uma universidade reconhecida, pensava “Fiz parte deste processo”. Eram sentimentos que me emocionavam. Ao mesmo tempo tristeza e agonia, pensava “Tão novinha sendo engolida por este dragão chamado Vestibular. “
Rubem Alves faz uma comparação da escolha da profissão e casamento.

“Imagine-se agora, nessa situação: você é casado ou casada, não gosta do marido ou da mulher, mas é obrigado a, diariamente, fazer carinho, agradar e fazer amor. Pode existir coisa mais terrível que isso? Pois é a isso que está obrigada uma pessoa, casada com uma profissão sem gostar dela. A situação é mais terrível que no casamento, pois no casamento sempre existe o recurso de umas infidelidades marginais. Mas o profissional, pobrezinho, gozará do seu direito de infidelidade com que outra profissão?”
Desejo que esta menina não tenha pressa, ou se que se tenha, não hesite em mudar. Que ela não perca o brilho no olhar, o sorriso nos lábios, o prazer de viver. A vida não é uma linha reta, pelo contrário, é bem sinuosa.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Por favor, participem!

O Instituto do Câncer de Mama está com uma importante campanha.



Cabe a nós atendermos sua solicitação e ampará-lo, pois se depender do Governo (Federal/Estadual/Municipal) será seu fim!!!
Vamos salvar o site do câncer de mama?
Não custa nada.
O Site do câncer de mama está com problemas, pois não tem o número de acessos e cliques necessários para alcançar a cota que lhes permite oferecer UMA mamografia gratuita diariamente a mulheres de baixa renda. Demora menos de um segundo, ir ao site e clicar na tecla cor-de-rosa que diz 'Campanha da Mamografia Digital Gratuita'.

Não custa nada e é por meio do número diário de pessoas que clicam que os patrocinadores oferecem a mamografia em troca de publicidade.
Clique aqui

domingo, 29 de novembro de 2009

sábado, 28 de novembro de 2009

O que me apetece...

Sugestivo para uma tarde de sábado.....ai...ai.

domingo, 15 de novembro de 2009

Inspiração ...


"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses..."

(A magia dos gestos poéticos, Rubem Alves)

domingo, 8 de novembro de 2009

Uma homenagem a "você", meu companheiro...



ODE AO GATO
Artur da Távola
Bichos polêmicos sem o querer, porque sábios, mas inquietantes, talvez por isso.Nada é mais incômodo que o silencioso bastar-se dos gatos. O só pedir a quem amam. O só amar a quem os merece.
O homem quer o bicho espojado, submisso, cheio de súplica, temor, reverência, obediência. O gato não satisfaz as necessidades doentias do amor. Só as saudáveis.Lembrei, então, de dizer, dos gatos, o que a observação de alguns anos me deu. Quem sabe, talvez, ocorra o milagre de iluminar um coração a eles fechado? Quem sabe, entendendo-os melhor, estabelece-se um grau de compreensão, uma possibilidade de luz e vida onde há ódio e temor? Quem sabe São Francisco de Assis não está por trás do Mago Merlin, soprando-me o artigo?Já viu gato amestrado, de chapeuzinho ridículo, obedecendo às ordens de um pilantra que vive às custas dele? Não! Até o bondoso elefante veste saiote e dança a valsa no circo. O leal cachorro no fundo compreende as agruras do dono e faz a gentileza de ganhar a vida por ele. O leão e o tigre se amesquinham na jaula. Gato não. Ele só aceita uma relação de independência e afeto. E como não cede ao homem, mesmo quando dele dependente, é chamado de arrogante, egoísta, safado, espertalhão ou falso.
"Falso", porque não aceita a nossa falsidade com ele e só admite afeto com troca e respeito pela individualidade. O gato não gosta de alguém porque precisa gostar para se sentir melhor. Ele gosta pelo amor que lhe é próprio, que é dele e ele o dá se quiser.
O gato devolve ao homem a exata medida da relação que dele parte. Sábio, é espelho. O gato é zen. O gato é Tao. Ele conhece o segredo da não-ação que não é inação. Nada pede a quem não o quer. Exigente com quem ama, mas só depois de muito certificar-se. Não pede amor, mas se lhe dá, então ele exige.
Sim, o gato não pede amor. Nem depende dele. Mas, quando o sente, é capaz de amar muito. Discretamente, porém sem derramar-se. O gato é um italiano educado na Inglaterra. Sente como um italiano mas se comporta como um lorde inglês.
Quem não se relaciona bem com o próprio inconsciente não transa o gato. Ele aparece, então, como ameaça, porque representa essa relação precária do homem com o (próprio) mistério. O gato não se relaciona com a aparência do homem. Ele vê além, por dentro e pelo avesso. Relaciona-se com a essência. Se o gesto de carinho é medroso ou substitui inaceitáveis (mas existentes) impulsos secretos de agressão, o gato sabe. E se defende do afago. A relação dele é com o que está oculto, guardado e nem nós queremos, sabemos ou podemos ver. Por isso, quando surge nele um ato de entrega, de subida no colo ou manifestação de afeto, é algo muito verdadeiro, que não pode ser desdenhado. É um gesto de confiança que honra quem o recebe, pois significa um julgamento.
O homem não sabe ver o gato, mas o gato sabe ver o homem. Se há desarmonia real ou latente, o gato sente. Se há solidão, ele sabe e atenua como pode (ele que enfrenta a própria solidão de maneira muito mais valente que nós). Se há pessoas agressivas em torno ou carregadas de maus fluidos, ele se afasta. Nada diz, não reclama. Afasta-se. Quem não o sabe "ler" pensa que "ele não está ali". Presente ou ausente, ele ensina e manifesta algo. Perto ou longe, olhando ou fingindo não ver, ele está comunicando códigos que nem sempre (ou quase nunca) sabemos traduzir.
O gato vê mais e vê dentro e além de nós. Relaciona-se com fluidos, auras, fantasmas amigos e opressores. O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. É uma chance de meditação permanente a nosso lado, a ensinar paciência, atenção, silêncio e mistério. O gato é um monge portátil à disposição de quem o saiba perceber.
O gato vê mais e vê dentro e além de nós. Relaciona-se com fluidos, auras, fantasmas amigos e opressores. O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. É uma chance de meditação permanente a nosso lado, a ensinar paciência, atenção, silêncio e mistério. O gato é um monge portátil à disposição de quem o saiba perceber.
O gato é uma lição diária de afeto verdadeiro e fiel. Suas manifestações são íntimas e profundas. Exigem recolhimento, entrega, atenção. Desatentos não agradam os gatos. Bulhosos os irritam. Tudo o que precise de promoção ou explicação, quer afirmação. Vive do verdadeiro e não se ilude com aparências. Ninguém em toda natureza aprendeu a bastar-se (até na higiene) a si mesmo como o gato!
Lição de sono e de musculação, o gato nos ensina todas as posições de respiração ioga. Ensina a dormir com entrega total e diluição recuperante no Cosmos. Ensina a espreguiçar-se com a massagem mais completa em todos em todos os músculos, preparando-os para a ação imediata. Se os preparadores físicos aprendessem o aquecimento do gato, os jogadores reservas não levariam tanto tempo (quase 15 minutos) se aquecendo para entrar em campo.
O gato sai do sono para o máximo de ação, tensão e elasticidade num segundo. Conhece o desempenho preciso e milimétrico de cada parte do seu corpo, a qual ama e preserva como a um templo.
Lição de saúde sexual e sensualidade. Lição de envolvimento amoroso com dedicação integral de vários dias. Lição de organização familiar e de definição de espaço próprio e território pessoal. Lição de anatomia, equilíbrio, desempenho muscular. Lição de salto. Lição de silêncio. Lição de descanso. Lição de introversão. Lição de contato com o mistério, com o escuro, com a sombra. Lição de religiosidade sem ícones.
Lição de alimentação e requinte. Lição de bom gosto e senso de oportunidade. Lição de vida, enfim, a mais completa, diária, silenciosa, educada, sem cobranças, sem veemências, sem exigências.O gato é uma chance de interiorização e sabedoria posta pelo mistério à disposição do homem."

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Chegou o grande dia!!!!




Parabéns pra vc!!!!




Nesta data querida!!!




Muitas felicidades!!!




Muitos anos de vidaaaaaaaaaaa!!!!






é big...é big...








Muita
paz,
AMOR, saúde.








O presente?






Hummmm .... tô chegando ... ops... tá chegando.... hehehehehe







segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Han rannnnnnnnnnn...tá chegando o diaaaaaaaa!!!!!!!

Daqui a 3 dias....................me aguarde!

sábado, 10 de outubro de 2009

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Inspiração do dia....


Os arrogantes são como os balões: basta uma picadela de sátira ou de dor para dar cabo deles.
(Madame de Stael)

sábado, 26 de setembro de 2009

Palavras....


Palavras, onde estás?
sinto-lhe sua falta
sinto-me vazia sem suas rimas
tanto que me completas
que me invades com tanto rubor
ora com tanta ternura
Palavras, onde estás?
Procuro-te por lugares já habitados
até mesmo por lugares vazios
Palavras, onde estás?
Sem você sinto-me ao vento
sem direção, sem razão
Volte! Imploro-te!
Faça-me sentir o vigor de suas rimas, de suas tramas.
Preciso do seu calor, da sua magia
magia que me encanta, que me faz delirar a cada verso.
cada verso que me seduz.
Volte! Imploro-te!

domingo, 6 de setembro de 2009

Inspiração do dia...


"Seja qual for o seu sonho - comece.
Ousadia tem genialidade, poder e magia."
Goethe.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Coisas simples da vida....


"Todos estamos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o tempo."

(Cora Coralina)

sábado, 29 de agosto de 2009

Um pouco do meu silêncio....


A Voz Do Silêncio


Pior do que a voz que cala,
é um silêncio que fala.
Simples, rápido!
E quanta força!
Imediatamente me veio à cabeça situações
em que o silêncio me disse verdades terríveis,
pois você sabe, o silêncio não é dado a amenidades.
Um telefone mudo. Um e-mail que não chega.
Um encontro onde nenhum dos dois abre a boca.
Silêncios que falam sobre desinteresse,
esquecimento, recusas.
(...)
É mil vezes preferível uma voz que diga coisas
que a gente não quer ouvir,
pois ao menos as palavras que são ditas
indicam uma tentativa de entendimento.
Cordas vocais em funcionamento
articulam argumentos,
expõem suas queixas, jogam limpo.
Já o silêncio arquiteta planos
que não são compartilhados.
Quando nada é dito, nada fica combinado.
É o silêncio de um, mandando más notícias
para o desespero do outro.
É claro que há muitas situações
em que o silêncio é bem-vindo.
Para um cara que trabalha com uma britadeira na rua,
o silêncio é um bálsamo.
(...)
O único silêncio que perturba,
é aquele que fala.
E fala alto.
(...)
( Martha Medeiros)

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Inspiração do dia...




Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.
(Fernando Pessoa)


segunda-feira, 24 de agosto de 2009

sábado, 22 de agosto de 2009

Haikai



Dor da saudade
Nostalgia paira no ar.
Olhar transpira!

Protesto! Amigos...amigos....risos


quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Palavras em trança


Eis que surge a dança
Palavras que se lança
Seria mera semelhança?
Alegres como crianças
Ansiosas de esperança
As palavras seguem sua dança
Alguns a usam com temperança
Outros com vingança
Cada qual com sua pujança
No final segue a andança
De encontrar a esperança
Mesmo que seja na dança ou
Quem sabe na contradança.

sábado, 15 de agosto de 2009


Me apetece...
Coisas simples da vida.

video

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

No seu passo
meu compasso.
No seu abraço
me satisfaço.
No seu enlaço
me desfaço.
No seu espaço
me devasso
me perfaço
me traço.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Retorno...




Dentre tantos lugares encantadores que conheci nesta viagem, escolhi este para meu post de retorno. O pôr-do-sol na ponte dos ingleses em Fortaleza. Momento único, emocionante. Tão comovente quanto ao encontro com minha "juju" Cau. Essa foto se compara a este momento. O culminar do sol com o mar.....o culminar do nosso encontro. Selou o que ao longo deste 4 anos cultivamos. Momento inefável. ( Gostou? risos)
Compartilhei com esta família maravilhosa momentos que nos serão inesquecíveis, dias cheios de alegrias, longas conversas, bobices...que deixaram aquele gostinho de "quero mais".
Hoje mais do que nunca digo-lhe:
"Amo você! Por tudo o que você é, como pessoa, amiga, mãe, companheira."

quinta-feira, 16 de julho de 2009



Enfim....férias!!!!

Arrumando as malas!!!

quarta-feira, 15 de julho de 2009

terça-feira, 14 de julho de 2009



Ai.....ai....daqui uns dias estarei com meus pezinhos a "milanesa"...hehehe

Ahn.... 2 diaaaaaaaaas!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Tá quaseeeee!!!



3
dias.... huruuuuuuu!!!!

domingo, 12 de julho de 2009


Faltammmmmmmm
4
diassssssssssssssss!!!!!

sexta-feira, 10 de julho de 2009


ai...ai...
6 dias!!!!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Reflexão do dia....


Canção das mulheres

Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.
Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso. Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.

Que o outro sinta quanto me dóia idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida.

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo ''Olha que estou tendo muita paciência com você!''

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize.

Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.

Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher.

( Lya Luft)

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Faltam 8 dias....hum....



pelo horário, quase 7....hehehe

terça-feira, 7 de julho de 2009

Faltam ...


9
dias.

segunda-feira, 6 de julho de 2009


Faltam 10 dias.

domingo, 5 de julho de 2009

Contagem regressiva


Faltam 11 dias.
Quero sombra e água fresca!!!!

sexta-feira, 3 de julho de 2009



"Nem sempre só querer resolve."

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O des(conhecido)


Deitada em minha cama, inquieta, remexendo sem conseguir dormir. O barulho da chuva lá fora me atordoa, o cheiro de mato molhado entra pelas minhas narinas. Levanto-me, vou até a janela. O frio percorre meu corpo, mamilos endurecidos, rijos pelo frio. Visto meu robe de seda.
Abro a janela, deixo o vento adentrar e tocar minha face. Vontade louca de sair por aquela chuva. Não penso. Saio rua afora. A chuva toca meu corpo com fúria, deixando-me mais excitada. Meu robe colando em meu corpo, definindo as formas de meu corpo.

Ando pelas ruas desertas sem rumo e sem pensamentos. Paro em frente a uma praça. Nela tem um bosque. Vejo um vulto ao longe. Ele acena e entra no bosque. Não hesito vou ao seu encontro. Minha respiração descompassada, chuva a molhar meu corpo, meu corpo a desejar.

Entro no bosque. Meus olhos mal conseguem enxergar no breu da noite iluminado pelos raios. Apenas instinto. Onde está você? Sei que estás perto, meu corpo te pressente, te ansia
Com fúria ele veio por trás, me atirou ao chão. Sua boca me sorvia com desejo. Nua, estirada na grama daquele bosque era furiosamente possuída. Entreguei-me, excitada, louca pelo que sentia e via. Agarrei, arranhei, sentia-te duro, teso. Mordia-me, lambia, esfregava seu membro em mim. Tinha fome de mim. Queria-me toda, virava-me e penetrava sem piedade por todos os buracos que encontrava. Sexo selvagem, louco...alucinadamente eu me entregava cada vez mais. Em nenhum momento resisti àquele insano. Não sei quem era mas sentia como se sempre tivesse sido sua. Apenas sei que na última entrada do seu sexo no meu, explodi de prazer e um grito da cor das estrelas que se apagaram quando fugiste e me deixaste deitada naquele bosque a sentir o prazer de múltiplos e longos gozos.

domingo, 21 de junho de 2009

Instinto...


Arrepio-me toda ao entrar em contato físico com bichos ou com a simples visão deles.

Os bichos me fantasticam. Eles são o tempo que não se conta.

Pareço ter certo horror daquela criatura viva que não é humana e que tem meus próprios instintos embora livres e indomáveis.

Animal nunca substitui uma coisa por outra.

Os animais não riem. Embora às vezes o cão ri. Além da boca arfante o sorriso se transmite por olhos tornados brilhantes e mais sensuais, enquanto o rabo abana em alegre perspectiva. Mas gato não ri nunca.

Um “ele” que conheço não quer mais saber de gatos.

Fartou-se para sempre porque tinha certa gata que ficava em danação periódica.

Eram tão imperativos os seus instintos que na época do cio, após longos e plangentes miados, jogava-se de cima do telhado e feria-se no chão.

( Fragmento do livro “Água Viva”, de Clarice Lispector)

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Niver



Hoje é niver da minha Jujuuuu!!!!!



Que estas portas estejam sempre abertas, minha amadinha!


Amo-te




sexta-feira, 12 de junho de 2009


(...)


Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando 200Kg de grilos e de medos. Ponha a saia mais leve, aquela de chita, e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesma e descubra o próprio jardim. Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua janela. Ponha intenção de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteio.
Se você não tem namorado é porque não enlouqueceu aquele pouquinho necessário para fazer a vida parar e, de repente, parecer que faz sentido.
ENLOUCRESÇA!
(Arthur da Távola)
PS: Que bom que "enloucresci"! Ou "enloucrescemos" né?

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Sentidos...





Vem amor

fala-me baixinho ao ouvido

coisas que me enlouquecem.


Vem amor

beija-me com ardor

delicia de gostos, de sabores.

Vem amor

olha-me com ternura

com loucura.

Vem amor

toca-me de maneira única

que só você sabe.

Vem amor

misturar nossa química

ação e reação.

Vem amor

deixa esta sensação perpetuar

nos nossos poros

exalando tesão.

Vem amor.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Tempo


"O segredo do tempo é consumi-lo sem percebê-lo.
É fingir-se infinito para não o vermos passar."